Método Toolbox

Crie e Programe seus Protótipos e seus Próprios Jogos
usando Práticas de Game Design, Softwares e Game Engines

Use Programação Visual só usando Lógica de Programação
(ou como dizem por aí: sem programar)

Game Designer vai projetar jogos e criar experiências a partir do momento que o jogador interage com o jogo. Essas experiências podem ser boas, mas também ruins. Vai depender como o game designer a planejou. Uma das formas de testar para ver se o jogo está ficando bom são os protótipos, ou seja, criar versões do jogo simples para testar na prática se está funcionando ou se é divertido. Tem várias formas de criar protótipos e, quando criamos nossos próprios jogos, estamos criando protótipos – versões aos poucos do nosso game. Como uma maquete de um prédio que um arquiteto faz para ver como vai ficar no final. Aliás, isso é um protótipo. Inclusive podemos usar diversas ferramentas e técnicas para prototipar e criar nossos próprios jogos. Qual delas usar? Em que momento? Como crio as coisas para verificar se meus jogos estão ficando bons na prática, não somente no planejamento?
Alguns destes problemas eu tinha ao criar meus próprios jogos e fazer protótipos para ver se minha ideia de jogo estava boa:

Não consigo fazer o meu Jogo (ou protótipo) para ver se ele está ficando Bom

Programar é muito complicado para algumas pessoas. Aquele monte de linhas de código de texto não são intuitivas e fáceis de aprender. Isso afasta muita gente do desenvolvimento de jogos e mesmo o game designer – que não é programador – precisa saber programação. Afinal, como ele testa suas ideias de jogos? Construindo protótipos. E com o quê? Programação. Mas não precisa ser com essa programação clássica. Pode ser com a Programação Visual – ou como chamam: “sem programar”. Na verdade programa, mas de uma maneira mais simples, intuitiva e com uso apenas de lógica de programação. Isso facilita muito o iniciante a começar a fazer seus protótipos e seus próprios jogos.

Não sei se o jogo que estou pensando e planejando é possível de ser feito

Será que o jogo que estou tendo uma ideia – ou escrevendo as ideias – é viável? Eu sempre digo: papel aceita tudo. Você coloca o que deseja no seu jogo: aquela mecânica bacana de pulo duplo e matar inimigos, uma história envolvente para o nosso jogo, pensa em como vai ser a primeira fase, mas…Como sei se isso vai funcionar e será divertido? Será que consigo criar o que estou planejando e tendo ideias? Criando uma versão dessa fase com um protótipo e testando. Só a prática vai te dar essa resposta mais precisa e conhecendo bem a ferramenta que vai desenvolver o seu jogo. Para isso, você precisa criar protótipos, aprender lógica de programação e criar, nesta ferramenta, protótipos dos seus próprios jogos. Aí com eles, você testa e verifica se está ficando legal.

Não sei ferramentas e técnicas para ver se minha ideia de jogo é boa e pode sair do papel

Aqui não basta somente dominar um programa de computador ou um motor de jogo – game engine – para criar seus jogos e protótipos. Também precisa saber qual usar e para qual objetivo. Nem sempre precisamos fazer tudo no digital. Um protótipo de papel pode resolver o problema para testar sua ideia muitas vezes. Ou um programa pode ajudar nas ideias de menus que deseja ao seu jogo. E nem estou falando aqui do jogo em si. Veja: existem várias formas de criar protótipos para ver se sua ideia vale a pena. Motores de jogos são apenas uma das soluções. Você, como game designer, vai usar aquela ferramenta que for mais rápida, mais barata e melhor para o que precisa.

Logo, o curso Game Design Practices tem como objetivo te dar condições de conseguir tirar o seu jogo do papel para testar na prática se ele funciona e é divertido por meio de protótipos em programação visual e outras técnicas. Tanto você pode criar apenas versões de partes do jogo como criar seus próprios jogos. Com isso, serão ensinadas várias técnicas usando programação em motores de jogos, as bases necessárias para programar como lógica de programação, além de técnicas que não se utilizam de programação para usos específicos como prototipagem de papel, wireframes, mockups e outras. Vai sair de conceber jogos só no papel (só planejar), só na teoria, sem ter certeza se está legal ou divertido ou que é viável para alguém que sabe como os jogos são construídos na programação visual, consegue criar versões de jogos (protótipos) para validar se é viável de criar este jogo, criar seus próprios jogos perante a programação visual, entende as dificuldades do desenvolvimento e construção, além de dispor de várias técnicas para prototipar seus jogos e testar o game design na prática.

O Game Design Practices Método Toolbox te ajuda em:

Vou me apresentar...

Meu nome é Fabiano Naspolini de Oliveira e atuo na área de jogos desde 2006, quando comecei estes estudos na faculdade. Sou formado em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Especialista em Game Design, Docência para Educação Profissional e Gestão Estratégica em Marketing, além de Mestre em Tecnologias da Informação e Comunicação. Já tenho mais de 15 jogos no meu portfólio, tanto educativos, advergames quanto de entretenimento, feitos para jogadores e empresas. Toda essa experiência veio dos meus estudos, experimentos sozinho e, no passado, tive um estúdio de jogos chamado “Céu Games”. Atendi clientes com jogos customizados de acordo com a necessidade deles e ganhamos o Prêmio Mobile Fest de Aplicativos Móveis da Claro em Primeiro Lugar com o game Sperm Race. Também trabalhei como redator do site Nintendo Blast, cuja experiência me ajudou a analisar jogos dos mais diversos do mercado. Hoje sou game designer, escritor de ficção e cuido do site Fábrica de Jogos, portal sobre desenvolvimento de jogos com canal no Youtube voltado a game designers. Meu foco está na educação dos desenvolvedores de jogos e, principalmente, game designers iniciantes.

Faça o Game Design Practices Método Toolbox, pois conta com:

Aulas em Vídeo

São mais de 160 aulas sobre game design, programação visual, criar seus protótipos e seus próprios jogos.

Suporte de Professor

Contato Direto com o Instrutor para Sanar Dúvidas e Orientar Atividades do Curso.

Estudos Organizados e Didáticos

Estudo organizado para você seguir uma sequência correta – passo a passo – de aprendizagem e ganhar tempo, preparado por professor qualificado na área.

Seleção dos Melhores Conteúdos

Seleção dos Melhores Conteúdos na Área, analisados e filtrados e você ganhar tempo com isso.

Certificação Digital

O curso conta com certificação digital ao final do curso oferecida ao terminar os módulos.

Acesso Vitalício

Estude os seus materiais sem limitação de tempo. Pode começar os estudos e terminar quando você desejar. Você define seu cronograma de estudos.

Estude onde Quiser

Você pode estudar no celular, tablet ou PC, pois a plataforma do ambiente de ensino é responsiva.

Oportunidade de Aprender na Prática

O curso oferece exercícios para você praticar as técnicas de prototipagem e lógica de programação. Alguns fará sozinho; outros junto com o Fabiano no vídeo.

Quais os assuntos do curso Game Design Practices?

Para compreender cada passo no curso, uso a analogia da caixa de ferramentas (toolbox). De acordo com o objetivo no jogo, o game designer vai precisar abrir a sua maleta de técnicas e ferramentas para resolver o problema. Seja testar uma mecânica de jogo se ficará legal ou se aquela fase está muito fácil ou difícil ao jogador, ele terá uma série de recursos para usar de acordo com a situação. É usar a ferramenta certa para o problema. Todos desta imagem serão ensinados no curso.

Módulo 1: Como Tudo Inicia: Introdução à Prototipagem em Jogos

Módulo 2: Storyboard, Wireframes e Mockups são ótimos para Prototipar Interfaces e Outros Elementos

Módulo 3: Prototipagem de Papel e Outras Abordagens

Módulo 4: Prototipagem com Motores de Jogos: Visão Geral de Lógica de Programação

Módulo 5: Lógica de Programação contextualizada em Programação Visual – Scratch 3

Módulo 6: Introdução aos Games e Protótipos com Uso de Motor de Jogo – Construct 3

Módulo 7: Fazendo um Protótipo de Game com Personagem Andando em 8 Direções – Construct 3

Módulo 8: Recursos Adicionais para o Seu Protótipo Usando Motor de Jogo – Construct 3

Módulo 9: Outras Práticas e Ferramentas para Game Design Complementares

Módulo 10: Análise Documental
Game Dev e Estruturando
Escrita da Análise

E não só isso. O curso também conta com bônus especiais:

Exemplos de códigos em C3 para você aprender mais e poder se basear neles

Deixarei exemplos de códigos que eu fiz dentro do Construct 3 de forma que você possa aprender mais com outros exemplos. Com isso, tem acesso a outras lógicas de programação desenvolvidas em outros tipos de jogos.

Aprenda a Fazer Jogos Narrativos no Twine

Twine é um programa gratuito que te permite criar livros-jogos digitais ou histórias com interação. Neste módulo, ensino como você pode usar os recursos básicos dele, além da parte de programação dele com variáveis, condicionais e tudo que vimos em lógica de programação.

Fazendo um Jogo Metroidvania em Construct 2/3 – Com Marcos Game Dev

O Marcos Game Dev cedeu este módulo especial onde ele demonstra do zero como fazer um jogo estilo Metroidvania. É mais um jogo e formas de aprendizado e lógica de programação em Construct 2/3 para você aprender mais nesse motor de jogo.

Lógica de Programação de Texto em Pseudocódigo (Portugol)

Caso queira se aprofundar na programação de texto no formato pseudocódigo – ou Portugol – deixei um módulo especial para te ajudar com todo o aprendizado de lógica de programação nesse formato. Vai te ajudar muito, caso deseje trabalhar com programação de texto, seja em qual linguagem de programação que escolha, inclusive a programação visual.

Introdução ao GDevelop 5

Se deseja conhecer um pouco este game engine muito parecido com o Construct 3 (C3), eu preparei um módulo para isto. Você irá conhecer este motor de jogo gratuito e alguns de seus recursos principais para construir jogos. Inclusive eu vou fazendo a relação dele com a Construct 3, pois quem mexe em C3, aprende rápido GDevelop.

Grupos de Alunos no Telegram e Discord

O curso te dá o acesso ao grupo de alunos do curso no Telegram onde te permite participar e trocar ideias comigo e com os alunos do curso. Também há um canal no Telegram para avisos importantes e promoções exclusivas para alunos. No Discord, há um canal que reúne todos os alunos dos cursos do Fábrica para trocar projetos, ideias, trocar conteúdos e outros.

Conheça Estudantes que Meus Cursos Já os Ajudaram:

Assista um vídeo exemplo de uma das aulas do curso:

ADQUIRA O SEU CURSO GAME DESIGN PRACTICES POR APENAS:

12x de R$ 39,70
no cartão

Ou à vista no boleto ou
cartão por  R$ 397,00.

Conta com as vídeo-aulas, grupo de alunos para trocar ideias e materiais, atendimento a dúvidas e feedback das atividades, temporada de aulas ao vivo sobre temas pertinentes ao curso e tira-dúvidas e outros bônus previstos nesta página.

Garantia de 30 dias

Com o acesso ao curso, você pode avaliar e decidir se este produto é para você. Dentro deste prazo, caso decida que não o quer mais, terá o seu reembolso integral do valor.

Perguntas Mais Frequentes

Game Design é o conceito, planejamento e prototipagem do jogo, ou seja, como você concebe todos os elementos do jogo (fase, inimigos, personagens, itens, recursos etc) relacionados à mecânica, narrativa, estética e tecnologia. Isso de uma forma que eles estejam integrados, coerentes e entreguem ao jogador a experiência que você deseja. Ou, de maneira simples, que você divirta o jogador do seu jogo. Nesse sentido, não é fazer ilustração, arte, programar nem nada do gênero. Sinônimos: design de games, design de jogos, projeto de jogos.

Programação Visual é um tipo de programação que se utiliza de elementos mais visuais, intuitivos e rápidos para codificar. Não usará a clássica programação de textos. Em poucas ações, você consegue fazer o que numa linguagem de texto levaria muitas linhas de código. Necessário saber lógica de programação, mas muito mais rápida, intuitiva e acessível para iniciantes e quem não busca a programação mais pesada. Exemplos: Scratch, Construct 3, Stencyl, GDevelop, Unreal com os Blueprints etc.

Exceto o Construct 3, os outros softwares utilizados no curso são todos gratuitos para download ou possui equivalentes gratuitos como o OpenOffice, por exemplo. No caso do Construct 3, recomendo fortemente que o compre, seja assinatura por um tempo determinado ou anual. Recomendo a licença Construct 3 Personal, pois te possibilitará fazer jogos mais elaborados, mais recursos para desenvolvimento, além de aproveitar melhor o aprendizado do curso e ainda pode publicar o seu jogo como pessoa física. Afinal, o Construct 3 tem mais recursos e te dá mais possibilidades de criar protótipos e seus próprios jogos.

O acesso ao curso é vitalício, ou seja, não há prazo para terminar ou de acessá-lo.

Sim, serão estudados vários softwares para desenvolvimento de protótipos como Pencil Project, Scratch 3, Construct 3 e outros.

Para assistir as aulas e realizar as atividades propostas do curso, basta ter um computador com acesso à internet e editores de texto e planilhas eletrônicas (OpenOffice é gratuito). No caso dos softwares do curso, o mais pesado é o Construct 3. Verifique no site oficial se o seu computador cumpre os requisitos de sistema: https://www.construct.net/en/make-games/manuals/construct-3/getting-started/system-requirements . Mas, de modo geral, o Construct 3 é um software que se adapta bem aos computadores dos mais diversos. Só para celular que não recomendo usá-lo, pois fica difícil programar nessa plataforma.

Não será ensinado arte e áudio, pois game design é planejamento e projeto. Neste curso em específico, focarei mais nas ferramentas para construir protótipos e jogos para testar o planejamento do seu jogo. Programação é criar scripts e será ensinado no curso, tanto a lógica quanto a programação visual. Mas caso queira aprender a planejar seus jogos de maneira que gere diversão, aí recomendo o meu outro curso que vai complementar este: https://www.fabricadejogos.net/gamedesigncycle/

É interessante saber o básico da área de jogos ou ao menos conhecer a área como jogador. Caso não o tenha, tenho um curso gratuito bem rápido para você adquirir esses conhecimentos: Curso Conhecendo a Área de Jogos .

A plataforma conta com um certificado digital automático com o término do curso.

Sim, existe tanto o espaço para dúvidas dentro do ambiente dentro da aula, como no mensageiro instantâneo para sanar dúvidas e receber feedback das atividades propostas.

Sim, a gravação editada ficará disponível no ambiente após o término da aula ao vivo.

A plataforma oferece cartão de crédito à vista e parcelado (com juros) e boleto à vista. Para outras formas de pagamento, favor entrar em contato com o dono do curso via whatsapp ao final desta página de venda.

O curso é voltado para profissionais que desejam trabalhar como game designers (projetistas de jogos) tanto de jogos digitais quanto analógicos, mas também para aqueles que são de outras áreas do desenvolvimento de jogos (programadores, artistas…) e precisam prototipar seus jogo. Também recomendamos para pesquisadores e estudiosos do setor de games, iniciantes na área de game design e para quem deseja obter as bases de lógica de programação e programação visual.

Sim, o curso é inteiramente online.

Com o pagamento no cartão de crédito ou pix, o acesso é imediato no seu e-mail cadastrado e sem prazo de término do curso. Você faz sua agenda de estudos. No pagamento via boleto, é necessário compensar o pagamento dele no banco. Assim que o banco confirmar o pagamento, automaticamente vai para o seu e-mail cadastrado o acesso. Também sem prazo de término do curso. Caso tenha algum problema com acesso, só contatar pelo e-mail [email protected] ou no telefone que consta no rodapé da página.

CNPJ: 33.873.890/0001-03

Dúvidas: 48 99943-7091